PRODUTOS

    LA - Válvula de alívio de pressão e vácuo com corta-chamas combinada  
 
- Construção à prova de chuva e respingos; - Colméias dimensionadas de acordo com a periculosidade de cada produto (MESG - Máximo Espaçamento Seguro Experimental); - Amplas faixas de calibração.
As válvulas de alívio de pressão e vácuo com corta-chamas tipo combinada são indicadas para proteger respiros de tanques de armazenagem de produtos inflamáveis, contra explosão externa. Além disso, reduzem as perdas do produto por evaporação. Aplicáveis em fluidos do grupo de periculosidade IIA, conforme DIN ou classe D, conforme a norma NEC-USA.
 

    LC - Calota de ventilação a prova de explosão e combustão contínua  
 
- Segurança absoluta contra a irrupção de chamas para o interior dos tanques em caso de explosão externa e combustão contínua; - Dissipação perfeita do calor em casos de combustão contínua, permitindo a queima dos gases durante várias horas, sem que a chama irrompa para o interior do tanque; - Tampa articulável que, em presença de chama, abre-se automaticamente pela queima do elemento fusível e ação da mola (ou contrapeso), chamando a atenção para as necessárias providências; - Reduzida perda de carga nas colméias, pois sua área efetiva é bem maior que a área de passagem da tubulação de mesmo Diâmetro Nominal; - Construção à prova de chuva e respingos de água; - Colméias dimensionadas de acordo com a periculosidade de cada produto (MESG — Máximo Espaçamento Seguro Experimental).
Nos tubos de respiro em tanques despressurizados ou com teto flutuante interno para protegê-los contra a irrupção de chamas em casos de explosão externa e combustão contínua, conforme tecnologia alemã. Aplicáveis em fluidos do grupo de periculosidade IIA, conforme DIN ou classe D, conforme a norma NEC-USA.
 

    LD - Protetor contra detonação/explosão em tubulação  
 
- Segurança total contra propagação de chamas em tubulações, nos casos de explosão e detonação; - Fácil manutenção pela simplicldade do acesso as colméias. - Baixa perda de carga, uma vez que a soma das áreas livres da colméia é maior que a área interna da tubulação; - Abafador de chamas triplo de acordo com o Máximo Espaçamento Seguro Experimental (MESG) de cada fluido.
Os protetores protegem eficientemente contra a propagação de chamas em casos de explosão e detonação de líquidos ou gases inflamáveis. São instalados em tubulações à montante do equipamento a ser protegido, tais como tanques, reservatórios, queimadores, tochas e a tubulação propriamente dita. Aplicáveis em fluidos do grupo de periculosidade IIA, conforme DIN ou classe D, conforme a norma NEC-USA.
 

    LE - Protetor contra explosão em tubulação  
 
Em tubulações e instalações, de produção e de transferência, de líquidos e gases inflamáveis em que surgem perigos de retrocesso de chamas de queimadores ou a propagação de explosões. Aplicáveis em fluidos do grupo de periculosidade IIA, conforme DIN ou classe D, conforme a norma NEC-USA.
 

    LO - Válvula de alívio de pressão e/ou vácuo  
 
Controle perfeito da pressão e do vácuo dentro do tanque; - Amplas faixas de calibração; - Construção à prova de chuva e respingos de água; - Proporcionam fácil acesso às válvulas. - Reduzem a emissão de poluentes na atmosfera; - Reduzem as perdas do produto por evaporação.
As válvulas de alívio de pressão e vácuo são instaladas nos tubos de ventilação de tanques de armazenamento atmosféricos. Estas válvulas são adequadas para manter a pressão e o vácuo dentro do tanque, conforme a calibração de pressão determinada, diminuindo assim perda de produto por evaporação e/ou a contaminação do ambiente.
 

    LR - Respiro de Emergência  
 
- Podem ser usadas como bocas de visita; - Após o funcionamento fecham-se automaticamente. Desta forma reduz-se acentuadamente o risco de entrada de chamas através do respiro.
As válvulas de alívio de pressão da série LR foram projetadas especialmente para funcionar como dispositivo de emergência na desaeração de tanques. O respiro de emergência faz-se necessário quando uma repentina demanda de vazões excepcionalmente altas (p. ex. um incêndio na bacia de contenção do tanque), torna insuficiente a capacidade de desaeração das válvulas normais de alívio de pressão existentes nas instalações.
 

    LS - Válvula tipo cabeça de suspiro  
 
Funcionamento automático Bóia de aço inox. Conexões flangeadas Em conformidades com as normas internacionais
Utilizadas em respiro de tanques de navio, para evitar que em caso de naufrágio ou inundação, a água do mar penetre no interior do tanque.
 

    LT - Válvulas de alívio de pressão e/ou vácuo  
 
Fornecidas em 2 ou 3 vias; Amplas faixas de calibração; Facilidade de instalação e manutenção, devido a simplicidade de acesso dos internos da válvula.
As válvulas da série LT são predominantemente instaladas em tubulações de gás inerte ou instalações de ar seco. São adequadas para manter a pressão e/ou vácuo no interior de tanques, tubulações e outros equipamentos, conforme a calibração determinada.
 

    LV - Válvula de alívio de pressão e vácuo com corta-chamas a prova de combustão contínua  
 
-Segurança absoluta contra a irrupção de chamas para o interior dos tanques em caso de explosão externa e combustão contínua; -Equipado com um elemento fusível que, em caso de inflamação, derrete e libera a tampa articulável, chamando atenção para as providências cabíveis; -Perfeita dissipação do calor em caso de combustão contínua em virtude da localização da colméia e da tampa articulável, permitindo a queima por várias horas, sem irrupção das chamas;
As valvulas de alívio de pressão e vácuo, com abafadores de chamas, são indicadas para instalação nos tubos de ventilação dos tanques de armazenamento de gases e líquidos inflamáveis, para controle de pressão e vácuo e redução das perdas do produto por evaporação. Esses equipamentos evitam a irrupção de chamas para o interior dos reservatórios em caso de incêndio e são os únicos fabricados no Brasil que oferecem total proteção contra a propagação de chamas em caso de explosão externa e combustão contínua. Aplicáveis em fluidos do grupo de periculosidade IIA, conforme DIN ou classe D, conforme a norma NEC-USA.